terça-feira, 31 de março de 2009

Um Possivel Inocente na Cadeia

A três semanas a trás mais ou menos, fui procurado por uma senhora, de uma vilarejo aqui perto ( um pequeno povoado pobre e humilde aqui próximo da capital) ela me ligou e me dizia que tinha um bilhete assinado pela advogada joana d'arc, pedindo para que eu a atendesse. ela me contava de seu filho que estava preso, de forma injusta e covarde, e me dizia também que o policial fez aquilo com o filho dela porque tinha um rixa com ele, isso me chamou muito a atenção, o choro e o lamento daquela mãe que dizia também esta orando por seu filho todos os dias, pois ele não merecia aquilo. como ela morava muito distante me pediu que entrasse em contato aqui na capital rio branco, com sua nora uma jovem conhecida por Leide Daiana, esposa de Rafael nascimento da silva, preso no fim do ano passado acusado de trafico de drogas, por dois policiais, velhos conhecidos na periferia de rio branco, que Rafael si encontra preso no presidio estadual, Dr. Francisco de oliveira conde, acre. quando conheci Leide Daiana, esposa de Rafael a mesma me dizia que no final do ano passado estava em uma festa de confraternização do fim de ano, na casa de um amigo no bairro tropical, quando ja pela parte da manhã Rafael disse que ia comprar mais umas cerveja. que depois de muita demora de Rafael legou para o celular do mesmo, perguntando porque estava demorando tanto, e Rafael disse que estava preso. ela ficou desesperada e correu para o local do ocorrido. que chegando ao local perguntou porque estavam fazendo aquilo com seu esposo, em seguida um cabo PM, conhecido por Michel, se aproximou dela, e esfregou nove papelotes de maconha na cara dela dizendo, e por esta droga que ele esta preso. que apos fazer o soldado PM Jailson, e o cabo PM Michel, encaminharam o mesmo a DEFLA, delegacia central de flagrantes, apos ser ouvido pelo delegado plantonista foi encaminhado e o presidio onde aguarda o pronunciamento da justiça. a o tomar conhecimento desta historia pela mãe de Rafael, e sua esposa, não tive muito interesse, achei que mais uma conversa de parentes de um traficante qualquer, sem consistência nenhma. mais observando ainda a revolta e o desespero daquela mãe, que sempre me ligava, e perguntava se eu ja tinha visto o filho dela. até que fui ver o filho dela na penitencia estadual, depois de receber autorização do diretor da unidade prisional, falei com Rafael nascimento da silva. o mesmo me dizia que estava em uma festa de confraternização de fim ano quando já pela manha pegou a moto de um amigo para ir comprar mais um cerveja. já próximo do local estava estacionada uma viatura da policia militar, que apos passar pela guarnição, foi surpreendido pelo cabo PM Michel, que apontando um arma de grosso disse pra sua cabeça, desse da moto vagabundo, que o mesmo desceu da moto de mãos para cima, que após o mesmo passar por uma minuciosa revista foi liberado, que quando já ia embora nessa mesma hora si aproximou o soldado PM jailson, pedindo para o mesmo voltar, dizendo esse cara e gaiato mesmo, e pediu para o mesmo aguarda perto de uma cerca que tinha próximo ao local. Rafael conta que nessa mesmo hora o soldado jailson se afastou do local para revista outras pessoas que passavam no local, inclusive um conhecido traficante de droga do local que também não encontrando nada nos mesmo, ja veio no rumo de Rafael dizendo essa droga e tua, tu e usuário ou traficante. Rafael conta que protestou no momento dizendo essa droga não minha, mais o cabo PM Michel disse que ia leva o mesmo preso, nesse mesmo momento Rafael conta que o celular dele tocou era sua esposa, perguntando porque ele estava demorando tanto, o mesmo disse que estava preso. momento em que ela si dirigiu ate o local para saber o que estava acontecendo, e ao chegar no local Rafael conta que Michel esfregou a droga na cara de sua esposa. eu perguntei a Rafael porque o cabo PM Michel e o soldado PM jailson, faria isso com ele. Rafael conta que a um ano e meio mais ou menos, estava trabalhando em um local próximo e um supermercado, quando teve uma batida da policia a procura de traficantes, conta que foi abordado pelo soldado PM jailson, que o humilhou na frente de todo mundo, fazendo o mesmo pular como sapo, e lhe deu varias ripadas, onde o mesmo guarda ainda marcas ate hoje. Rafael conta que nessa época deu parte na corregedoria de policia militar, denunciando o soldado PM jailson, por maus tratos e abuso de autoridade, por isso o soldado PM jailson ficou com rixa dele. estou passando os piores dias da minha vida, ele não tinha o direitos de fazer isto comigo, afirma Rafael.
depois de ouvir Rafael e saber de toda essa historia fiquei surpreso, porque agora a versão da mãe, e da esposa de Rafael, assim como também a versão das testemunhas de defesa tinham consistência e quem estava pensando errado era eu, por ainda não ter o conhecimento devido deste caso. De imediato elaborei um relatorio, e oficiei o que tinha ouvido, a corregedora geral de policia militar do acre, e ao controle externo da atividade policial do ministério publico, para que ouça as testemunhas de defesa, para apontar possíveis desvio de conduta por parte, do cobo PM Michel, e do soldado PM jailson.

Hoje foi a audiência de instrução do acusado, Rafael do nascimento da silva, estive la como testemunha dando consistência aquilo que ouvir das testemunhas, tendo como base para isto as mentiras feitas e identificadas por parte dos policiais no momento da ocorrência. pois acredito na inocência do mesmo tendo como base a vingança do policial a sua pessoa, naquela ocasião. la também estive frente a frente, com o cabo PM Michel, e notei um certo deboche de sua parte, para com a família do acusado. quem esta lascado mesmo e o preso dizia o cabo PM Michel, que contava para outros colegas que tinha outras pessoas ai para ele pegar. as testemunhas tanto de acusação como de defesa foram ouvidas uma por uma, e liberadas em seguida, mais acredito na responsabilidade e experiência, do juiz, do promotor, e do advogado deste caso. a você Rafael espero que as orações de sua mãe sejam ouvidas, pelo mais justo juiz do universo, que e DEUS. Boa Sorte.

OBS. *Em dez dias sai o resultado do julgamento deste caso.
*Rafael nascimento da silva, e reu primaria e ao contrario do que os policias disseram ele nunca teve passagem pela policia.
*Rafael tem bons antecedentes criminais ao contrario do que dizem os policias.
* Rafael não e usuario de drogas, segundo testemunhas não tinha neuhma ligação com pessoas desse meio, pois ele tinha trabalho é conhecido também de muitas pessoas na região onde mora.
* a moto que Rafael andava ao contrario também do que os policias disseram, ela não e roubada e toda legalizado e em dias com o DETRAN/AC
* os policias envolvidos neste caso tem passagem pela policia, e não são primários em envolvimentos em casos duvidosos.
* E confirmada a ação de rafael contra o soldado PM jailson por agressão e abuso de autoridade, na corregedoria de policia militar do acre, anos antes como consta no depoimento das testemunhas.

(JOCIVAN SANTOS)

Nenhum comentário: