quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Negligência medica pode ter causado a morte de jovem indigena gravida.

Uma índia por nome de heime kaxinawa, faleceu esta semana na fundação hospitalar do acre, os familiares e amigos acusam o hospital de negligência, e o pai da vitima disse que vai denunciar o caso no ministério publico. De acordo com familiares a india começou a sentir dores de parto e procurou o hospital de base, a mesma foi orientada procura atendimento da UPA, unidade de pronto atendimento, que chegando la teve de ir para maternidade. Após receber atendimento na maternidade os médicos detectaram após uma ultrasonografia que a criança estava morta no ventre da indígena. Mesmo sentindo dores de parto a indígena foi mandada de volta para casa, que depois de sentir muitas dores de parto, pois o corpo estava em processo de expulsão do feto, a jovem retornou a maternidade que depois do agravamento do quadro a indígena veio a falecer.

No velorio parentes da jovem estavam em clima de revolta e prometeram levar o caso ao ministerio publico federal.

A secretaria de saúde se manifestou dizendo investigar o caso.

Nenhum comentário: