terça-feira, 2 de março de 2010

Moção de Repudio

"Nós, Mulheres Trabalhadoras Rurais, o Conselho Estadual dos Direitos da Mulher e o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, reunidas no Seminário Regional de Empreendedoras Rurais da Amazônia, temos escutado na Rádio Difusora Acreana, durante esta semana, novamente músicas de caráter machistas, com linguagens sexistas, que fazem apologia a violência e a sexualidade da mulher, músicas estas que haviam sido retiradas da grade dos programas na diretoria anterior, período em que fizemos uma Moção de Apoio parabenizando a referida rádio pela atitude tomada.

No entanto, hoje vimos nos manifestar nosso repúdio a todas essas músicas que contribuem para as desigualdades e opressão das mulheres, como também, a conduta da Rádio Difusora Acreana, que acaba, indiretamente, contribuindo para a violência contra a todas as mulheres acreanas.

Essas músicas fazem parte da mercantilização das emoções humanas. Começaram a ser produzidas pela indústria fonográfica nos anos 80 para, justamente, dominar as emoções das pessoas e, estrategicamente, escravizar a mulher.

Temos a certeza de que os princípios da emissora nunca foi esse em seus 65 anos de existência.

Portanto, não podemos ficar quietas sem demonstrar a nossa indignação por atitudes como estas. A Rádio Difusora Acreana tem o papel de contribuir para a construção de uma sociedade mais justa e igualitária. De apresentar para seus ouvintes que é possível criar uma nova forma de fazer rádio.

Assim, no cumprimento do nosso papel na luta pela garantia dos direitos humanos, e principalmente das mulheres, solicitamos que sejam providenciadas medidas urgentes no tocante a grade musical dos programas da referida rádio, afim de que não desrespeitem as mulheres do Acre.

Estamos nos aproximando da data que marca simbolicamente 100 anos da nossa luta, o 08 de março – Dia Internacional da Mulher, e não podemos nos isentar de contribuir para a construção de um estado democrático de direito, da paz, mas que sobretudo, traga a garantia aos direitos humanos e a justiça social para mulheres e homens.

Rio Branco, 26 de fevereiro de 2010.

Atenciosamente,

Fórum de Mulheres do Alto Acre e Capixaba

Movimento das Trabalhadoras Rurais no Acre

Conselho Estadual dos Direitos da Mulher - CEDIM

Conselho Municipal dos Direitos da Mulher - CMDM

Rede de Mulheres Empreendedoras Rurais da Amazônia - RMERA"

Nenhum comentário: