sexta-feira, 9 de abril de 2010

Sistema de Transporte Coletivo. Oficio 123/2010 MP/AC

CDDH/AC. Centro de Defesa dos Direitos Humanos do Acre

Oficio. Nº 123-2010/CDDH/AC Rio Branco – Acre 08 de Abril de 2010


A TITULAR DA PROMOTORIA DE DEFESA DO CONSUMIDOR DO MINISTERIO PUBLICO DO ACRE,

Dra. ALESSANDRA MARQUES



O CENTRO DE DEFESA DOS DIREITOS HUMANOS DO ACRE – CDDH/AC. Pessoa jurídica de direito privado, sem fins lucrativos, Registro cível Nº 68877-de ordem 3402. CNPJ 07.141.441/0001-52. Através de seu representante legal JOCIVAN DOS SANTOS SILVA, brasileiro, solteiro, natural de Rio Branco – acre ativista de Direitos Humanos, portador do RG Nº 0337874 SSP/AC. Residente a Travessa Rio Branco 416 cerâmica – centro nesta cidade, que ao final subscreve. Vem por meio desta recomendar a esta Promotoria providencias urgentes junto a os órgãos responsáveis pelo Sistema de Transporte Coletivo da Cidade de Rio Branco, (RB-TRANS, SINDICOL) relacionado a efetivação urgente de 35 Novos Ônibus, que se encontram parados na garagem da Empresa de Transporte Coletivo Floresta, nesta cidade. Tendo em vista haver uma grande necessidade e urgência na troca da frota de ônibus que circula em nossa cidade, ou a efetivação e operação de novos veículos para transporte coletivo, que ofereça Qualidade e Segurança ao usuário, como já de conhecimento desta promotoria.



Jocivan Santos

Coordenador

CDDH/AC. Centro de Defesa dos Direitos Humanos do estado do acre. Tel.(68) 9226 6726

direitoshumanos.ac@gmail.com



Oficio 123/2010 protocolado na data acima citada




Agora nem a Prefeitura, nem Sindicol, nem Impresarios podem dizer que não tem ónibus, na verdade tem 35 novos ónibus na garagem da empresa floresta.
A população precisa saber o que eles estão esperando para efetivar os novos ónibus já que a situação em que se encontra os ónibus que circula da cidade
de Rio Branco requer medidas urgentes. Mais eles estão preferindo os ónibus velhos ultrapassados, que quebram todo dia com um monte de gente dentro.
por este motivo acionamos o Ministério Publico através da promotoria competente para este fim para que tome providências. E vamos cobrar também da prefeitura
o fato desses novos ónibus ainda não estarem funcionado para atender os usuários do sistema de transporte coletivo da cidade de Rio Branco.



Jocivan Santos






Nenhum comentário: