segunda-feira, 31 de maio de 2010

Paralisação de 100% da frota e abusiva diz procuradora do trabalho que garante pedir o fim da greve

A Procuradora Geral do Trabalho Marielle Rissane, esteve esta manhã fiscalizando pessoalmente a paralisação de 100% da frota de ónibus do sistema de transporte coletivo da cidade de Rio Branco. A mesma viu de perto todos os transtorno sofrido pela população em decorrencia da paralisação, e disse ser abusiva a atitude cometida pelo sindicado dos cobradores e motoristas de ónibus. Após ver que a população estava sendo prejudicada a Procuradora disse que vai enviar oficio ao tribunal regional do trabalho pedindo a ilegalidade da greve, ja que o sindicato dos motoristas e cobradores não garantiu uma determinação judicial em que prever 70% da frota circulando em horário de pico e que 60% circulasse em outros horários.

Caso a decisão do Ministerio Publico seja aceita, o sindicato dos motoristas e cobradores terá que pagar multa pelos transtorno causado e por ter mantido a paralisação.


Nenhum comentário: