terça-feira, 8 de junho de 2010

Fui Assaltado dentro de uma farmácia do centro de Rio Branco

Na quinta feira passada "feriado" era umas 20:00 ao me dirigir a uma farmácia no centro da cidade de Rio Branco próximo ao terminal urbano da capital, fui vitima de uma ação inesperada e de muito pavor naquele local. Ao me dirigir ao balcão da farmácia quando ainda era atendido pelo balconista da loja, ao olhar para trás via um rapaz de capacete com uma arma apontada para minha cabeça, que em certo momento apontava também para o atendente da loja. Logo percebi que estava sendo vitima de um assalto a mão armada mais tudo aconteceu muito rápido. Em seguida o assaltante mandou que todos fossem para o lado de dentro do balcão e ficasse deitados e não reagisse isso com uma arma apontada em nossa direção. Um momento de muito medo foi esse porque sinceramente não saberia si sairia vivo ou morto daquela situação. Em seguida um outro assaltante que estava na porta da farmácia agredia um outro rapaz e pegava seus pertences pessoais. O outro rapaz que me rendeu juntamente como outras pessoas no interior da farmácia foi em direção ao caixa da loja pegou todo dinheiro que vindo novamente em nossa direção saiu pegando nossos pertences pessoais, como também de outras pessoas que estavam no local e que foram rendidas também pelos marginais. No momento dessa ação dos bandidos estavam aproximadamente umas 13 a 15 pessoas no interior da farmácia entre elas adultos, jovens, adolescentes, mais isso também não intimidou ação dos bandidos, mais para mim foi um tipo de coisa inesperada covarde que deixa sequelas emocionais muito grande a pessoas com menos estruturas emocionais e psicológicas também. Os assaltantes levaram celulares, câmeras digitais, e uma quantidade pequena de dinheiro da caixa da farmácia. Ao sair da farmácia em disparada em sentido contrario na Avenida Ceará passaram em um posto de gasolina que fica próximo e também renderam os frentistas dos posto e levaram todo o dinheiro. E bem frequentada a farmácia em que fui assaltado juntamente com outras pessoas no centro de Rio Branco, outro dia vi um promotor de justiça la, advogados, doutores e outras pessoas ilustres da sociedade Acreana, e jamais pensei que uma situação dessas poderia acontecer logo ali. O que só me faz reforçar o mesmo pensamento de antes a de que em nenhum lugar mais estamos seguros nem mesmo em casa.


JOCIVAN SANTOS

Nenhum comentário: