terça-feira, 6 de julho de 2010

O caso Edna

 foto a gazeta.net

Espero que todos os procedimentos tomados pelo juiz de direito Leri Gross no caso Edna, EXETO a sua decisão em soltar os policiais acusados de fazer os disparos nas costas da estudante. Mais que a exumação do corpo de Edna na manhã, desta terça feira apesar de toda dor da mãe que não concorda que justiça mecha mais no corpo de sua filha pois quer que a mesma descanse em paz.  Que tudo isso seja para dar mais consistência a suas decisões como o fim de alcançar a justiça em sua plenitude mais através de provas concretas para o caso. 

Só ainda lembrando a dona Maria Ambrósio Rêgo,  mãe de Edna que apesar da sua dor e da sua posição contraria a exumação do corpo de sua filha, ali serão encontradas provas evidentes e concretas que ajudarão ainda mais a justiça si fortalecer ainda mais para este caso.  

Acompanham a exumação o promotor de justiça Rodrigo Curtis, a mãe de Edna, Maria Ambrósio Rêgo e a irmã, Eronilda Maria Ambrósio. E realmente uma outro dor causada pela justiça a essa mãe já que o corpo de sua filha pode ficar no IML até quatro dias e depois voltar para o cemitério. 


Lembrando ainda que a mãe de Edna chegou a pedir ao Juiz que não exumasse o corpo de sua filha mais não atendida. A estudante Edna Ambrósio foi atingida por um disparo de fuzil feito por policiais militares a mesma estava na garupa da moto do seu namorado quando o mesmo furou uma barreira policial em uma estrada da baixada da sobral conhecida como quatro bocas.    

Nenhum comentário: