quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Qualificação profissional para reeducandos no Acre é destaque do Programa CNJ no Ar

Nesta quarta-feira (25) o programa CNJ no Ar destacou a iniciativa da Justiça Acreana em prol da ressocialização de egressos do sistema penitenciário.
A Juíza Maha Manasfi, titular da Vara de Vara de Execuções Penais de Rio Branco e responsável pela Central de Penas Alternativas (CEPAL) da Capital, explicou aos ouvintes do programa como funciona a parceria entre o Judiciário e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), por meio da qual são oferecidos diversos cursos profissionalizantes gratuitos que atendem 70 reeducandos na cidade.
Os cursos de carpinteiro, pedreiro e pintor, cada qual destinado a 20 reeducandos, foram iniciados em junho e concluídos neste mês de agosto. Já o curso de eletricista tem duração de dois anos, consiste em aulas práticas e teóricas e formará 10 profissionais que, ao mesmo tempo, receberão o diploma equivalente ao 2º grau. Todas as atividades são acompanhadas e fiscalizadas pela equipe técnica da CEPAL.
De acordo com Maha Manasfi, atividades dessa natureza oferecem novas perspectivas de vida aos reeducandos, evitando que eles se tornem reincidentes na prática criminal. A expectativa é que, com a qualificação, eles possam ser inseridos no mercado de trabalho, tendo em vista o crescimento da área de construção civil no Acre.
CNJ no Ar
Feito em parceria entre o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e a Rádio Justiça, o programa é transmitido de segunda a sexta-feira, sempre às 10h, pela Rádio Justiça na freqüência 104,7 FM ou pelo site www.radiojustica.jus.br.
As edições do programa também estão disponíveis no site do CNJ, no link Agência CNJ/Rádio CNJ, para retransmissão pelas rádios interessadas. Clique aqui para ouvir o programa.
 
(Com informações da Agência CNJ de Notícias)
 
 
 
AGÊNCIA TJAC
ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL - ASCOM

Nenhum comentário: