quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Vergonha

Mais uma vez acontece desocupação de terras no Acre, desocupação essa feita pela policia com autorização da justiça. E como toda desocupação de terra essa não foi diferente ouve prisões, choros, correrias, maior alvoroço das famílias que ali moravam, mais a mando da justiça a policia foi implacável na expulsão dos que ali estavam. O batalhão do BOPE ou COE todos vestidos de preto com o slogan na farda de uma caveira e fortemente armados com pistolas, gás, escudos, e bombas de efeito moral, mais toda essa parafernaia não foi preciso ser usada mais intimidaram bastante os ocupantes de uma área de terra próximo ao conjunto montanhês. O local e uma invasão conhecida como Caladinho na periferia da cidade. Mais diante de todo aquele tumulto para o desespero das famílias que ali moravam a policia militar começou a derrubar as casas já construídas no local, e todos os barracos adivertindo que quem intervisse na ação da policia iria preso, no momento houve choro, gritaria, lamento, indignação por parte de muitos que assistiam a expulsão de toda aquela gente. Poucas horas depois toda área de terra estava totalmente desocupada e todas as famílias expulsas do local sem ter onde colocar seus pertences, sem  ter onde morar, sem ter um lugar para onde ir. Se via no meio de toda aquela gente  muitas crianças que também faziam parte daquele senário vergonhoso. Dias se passaram mais aquelas famílias que foram expulsas ainda continuam sem rumo na vida até hoje, e até hoje estão morando no meio da rua sem esperança nenhuma do governo ou prefeitura. Hoje vivem em condições sub-humanas sem assistência nenhuma para seus filhos menores de idade. Apesar de muita gente falar que vivemos em um estado bom para se viver, vivemos em um Acre detentor de uma politica social vergonhosa, ineficiente que  ainda baseia todos os seus projetos em cima de programas do governo federal como por exemplo o bolsa família e ainda acham que estão fazendo grande coisa. Mais a verdade e que muita gente no Acre vive uma realidade onde impera a fome a miséria a falta de moradia, a falta de emprego e renda, saúde, segurança, de tudo falta um pouco no Acre. E agora pra engrossar a lista dos miseráveis  no Acre, esta ai mais um monte de famílias vivendo em uma situação degradante  desumana vergonhosa, estão no meio da rua literalmente sem assistência  nenhuma e ninguém faz nada. Somando isso ao grande numero de assaltos que vem acontecendo na cidade de Rio Branco esses dias, apreensões de drogas, homicídios, roubos e furtos, lembrando aqui que hoje não se pode ter um celular na cidade de Rio Branco que um bandido vem e toma devido ao fácil comercio no mercado clandestino. E ainda muita gente indo pra penal e voltando ainda pior para o convívio social. Esse e o reflexo de uma politica social implantada no Acre que ainda não deu certo.                           

Nenhum comentário: