quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Câncer de mama: Acre é excelência em atendimento de mamografia no país

 Acre é excelência em atendimento de mamografia no país. Inca recomenda que resultado de mamografia saia em até 60 dias.  No estado, exame fica pronto em no máximo 15 dias.
O Instituto Nacional de Câncer (Inca) divulgou na última sexta-feira (15), novas recomendações para reduzir a mortalidade por câncer de mama no país.
Entre as novas estratégias, a entidade sugere que toda mulher com nódulo no seio tenha direito a receber diagnóstico no prazo máximo de 60 dias. Hoje em dia não existe tempo de espera definido para o resultado, mas no Acre, esse diagnóstico fica pronto em no máximo 15 dias.
Segundo o secretário de saúde Osvaldo Leal, “com a aquisição de dois novos aparelhos de mamografia e as campanhas voltadas principalmente para as mulheres na quarta década de vida, tem evitado que as acreanas venham a óbito causado por câncer de mama em nosso estado”, comemora.
O câncer de mama é o que mais mata mulheres no Brasil. Segundo o Inca, isso acontece porque a doença é confirmada quando já está em estágio avançado.
No país, são 11 mil mortes causadas por câncer de mama todo ano. Entre as mulheres, a doença representa cerca de 2,5% de todos os óbitos, segundo o Inca. No entanto, em mortes por câncer, o câncer de mama é o principal causador de mortes.
Por isso, o Inca recomenda que mulheres entre 50 e 69 anos de idade devem fazer mamografia a cada dois anos.
Este rastreamento mamográfico para mulheres nessa faixa etária é parte importante da estratégia recomendada pelo Ministério da Saúde para o controle do câncer de mama.
Osvaldo Leal disse ainda, que “essa melhora no atendimento e a agilidade no diagnóstico da doença, é um ponto fundamental para que o câncer seja tratado ainda no início e assim dê mais chances de vida para a paciente que vai ter o câncer curado mais rápido. Eu estou muito feliz e posso dizer que hoje o Acre é excelência em atendimento oncológico no país” disse.
ac24hroas 

Lembrando ainda a respeito desta matéria do portal ac24horas, e apesar de alguns elogios dado a saúde do estado do Acre. A verdade e que muitas mulheres tem  ainda que  se deslocar de seus municípios no interior do estado, para virem até a capital fazer uma mamografia. E nas regiões onde tem hospitais com mamógrafos, o aparelho esta sempre quebrado ou si da algum outro tipo de problema o estado demora meses para o concerto. A um tempo atrás  estava quebrado o aparelho de mamografia do Centro de Tratamento Oncológico, isso aqui em Rio Branco. Dai que muitas mulheres vinham até o CECON atrás de uma mamografia já com data marcada, e não realizavam o diagnostico, devido  problemas no aparelho, e somente davam viajem perdida até Rio Branco. O poder publico e nem ninguém fazia nada, sem falar que o estado demorou um tempo enorme para o concerto do aparelho. Se todos os hospitais do estado tivesse um mamógrafo, e quando preciso o estado providenciasse concerto rápido, ficaria bem melhor para todas as mulheres e para o Acre.

Nenhum comentário: