quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Falta de atenção e claro

Tendo em vista a questão do sistema de transporte coletivo vir a tona outra vez, antes de ontem estava em uma ponto de ônibus no centro de Rio Branco e estava chovendo. Derrepente  chegou um ônibus meio rápido e parou, uma senhora de mais ou menos uns 50 anos de idade naquele momento descia do ônibus, quando o motorista não esperando a usuária do setor descer totalmente  do coletivo, arrancou pra sair. O que aconteceu foi inevitável, aquela simples senhora caiu do ônibus, rodou, isso tudo muito rápido, e bateu com suas costas no meio fio. Molhou-se toda, foi acodida por um senhor que estava próximo, que também ajudou a levanta-la, a mesma ficou reclamando de muitas dores nas costas em tom de revolta, querendo que pegassem o numero, e a placa do ônibus pra ela. O motorista notando a fatalidade e a tragedia que poderia ter acontecido, desceu do ônibus coletivo, pediu desculpa e foi embora. Algumas pessoas no local ficaram revoltadas, e diziam que o cobrador que tem que avisar ao motorista quando um passageiro ainda esta descendo, para não causa um acidente mais grave as pessoas. Observava essa situação de longe e ficava pensando,  com diz o ditado popular, já pensou se aquela senhora, do forte impacto que ela caiu do ônibus, em vez de bater com as costas como aconteceu, ela bate com a cabeça. Estariam noticiando mais uma vitima fatal da irresponsabilidade e a desatenção de pessoas que diariamente violam o direito  de nos usuários de transporte coletivo, que ainda por cima temos que pagar e caro por um serviço mal prestado a toda população.  

    

Nenhum comentário: