sábado, 26 de fevereiro de 2011

MP apresenta laudo do Caso Edna Ambrosio



O caso Edna de volta novamente, desta vez com o resultado do laudo balístico que segundo o ministério publico foi realizado em dependências da policia federal em brasília. O laudo mostrou que no projetil da bala que atingiu a estudante Edna Anbrosio 23 anos, e seu namorado, não continha resquiço algum de que a bala tenha atingido o asfalto para depois atingir  a estudante que estava na garupa da moto do namorado. Este resultado contraria o argumento dos policias que afirmam terem atirado para o chão.

O resulto desse laudo que foi realizado em um conceituado laboratório nas dependências da policia federal em brasília, reforma novamente a tese de que os policiais tenham atirado pra matar. O ministério publico vai oferecer denúncia contra o sargento da Francisco Moreira e o soldado Moisés da Silva Costa, por homicídio doloso, quando há intenção de matar.  

Nenhum comentário: