terça-feira, 1 de março de 2011

Força nacional ainda inpede entrada de haitianos no Brasil.

No que depender da politica nacional para refugiados o governo federal vai fechar as portas do Brasil para os haitianos que chegam a fronteira. Ou e melhor que se diga que já fechou, já que na fronteira a policia federal não deixa passar mais ninguém. Sem falar que no estado do Acre esta cheio de gente da Abin, (Agencia Brasileira de Inteligencia) então o governo federal esta mesmo interessado na situação dos haitianos mais talvez não seja por questões tão humanitária assim. Estive hoje na reunião do comitê humanitário para ajuda a refugiados, o representante da secretaria de direitos humanos do governo do estado falava de uma orientação do governo federal de que os haitianos para entrarem no brasil não tinham mais que virem até a fronteira do Brasil diretamente. Mais primeiro tinham que passar na embaixada do brasil em Quito - Equador, ou na embaixada do Brasil em Lima - Peru. Talvez assim como pretexto para barrar a entrada de mais pessoas que busquem refugio no Brasil. Enquanto isso a situação dos haitianos que já entraram no Brasil não esta nada fácil, eles precisam de tudo, comida, roupas, água, alimentação, um lugar para morar, regularizar documentação dentre outras necessidades de primeira mão, urgente. No meio deles tem crianças, mulheres, jovens, e por questões de segurança, houve uma preocupação por parte dos integrantes do comitê em separar as mulheres dos homens e crianças, para permanecerem em um lugar  doado pela prefeitura de Brasileia que e exatamente um ginásio esportivo da cidade.


Nenhum comentário: