sexta-feira, 8 de junho de 2012

Brasil dá asilo político a senador da Bolivia perseguido por Evo Morales

 Ele está no interior da Embaixada brasileira desde 28 de maio
O Ministério das Relações Exteriores, Antonio Patriota, decidiu nesta sexta-feira conceder asilo político ao senador boliviano Roger Pinto Molina, líder da oposição no Congresso do país vizinho. O parlamentar está abrigado na embaixada do Brasil em La Paz desde o último dia 28.
Molina alega sofrer perseguição política por parte do governo boliviano por sua atuação em prol dos direitos humanos. O presidente Evo Morales nega a acusação e afirma que o senador está envolvido em corrupção e desvio de recursos públicos.
Agora o Brasil passa a ser responsável pela segurança de Molina. Autoridades brasileiras deverão garantir a saída do parlamentar da Bolívia e sua chegada ao Brasil.
O anúncio foi oficializado por meio de um comunicado do Ministério das Relações Exteriores, que explica que a decisão foi tomada “à luz das normas e da prática do Direito Internacional Latino-Americano”. O governo da Bolívia, no entanto, disse que o Brasil não comunicou oficialmente o país sobre a decisão.

Fonte: Terra

Nenhum comentário: