sexta-feira, 5 de julho de 2013

Jocivan Santos divulga nota, e diz que não defende estuprador, ao contrario do que disse o jornalista.




NOTA
Venho por meio deste informa a sociedade acreana, ao nobre jornalista Jairo Barbosa do conceituado portal de noticia ac24horas. Que a respeito da noticia vinculada no referido portal de noticia em que o mesmo diz "Representante do Centro dos Direitos Humanos defende fotógrafo preso acusado de estuprar dezenove adolescentes" reportagem http://www.ac24horas.com/2013/07/05/representante-do-centro-dos-direitos-humanos-defende-fotografo-preso-acusado-de-estuprar-dezenove-adolescentes/ onde o mesmo se refere a minha postagem no facebook, onde me refiro a discussões pesadas entre as modelos da Orion Modas, as que acusam e as que defendem o senhor Osmir Neto, preso na operação Glamour por exploração sexuais de menores e estupro. 

1º. O nobre jornalista faz uma interpretação equivocada do meu texto postado no facebook, para o titulo da matéria, porque em nenhum momento faço defesa do senhor Osmir, visto e claro por todos. 

2º Que ao contrario do que diz a reportagem como defensor dos direitos humanos, e coordenador do Movimento de Direitos Humanos do Acre,  defendo sim a prisão do senhor Osmir Neto, como propõem a justiça, tendo em vista que o mesmo fere o decoro a imagem e a dignidade da juventude e da  infância acreana.  

3º Que com base no relato e conhecimento de algumas vitimas do senhor Osmir, sempre conversamos com autoridades do Ministério Público que a tempo já investigava o mesmo. Que a 4 meses atras fui ameaçado pelo senhor Osmir de ser processado pelo mesmo, pelo fato de levar a conhecimento de autoridades, suas praticas sexuais reprováveis que vitimava pessoas, inclusive menores.

4º Na postagem do facebook em nos referimos, apenas falo de forma irônica, a relação de divisão desavenças e intrigas entre as modelos depois da prisão do senhor Osmir. 

5° Em relação a estes assuntos que envolve a exploração sexuais de menores, sempre iremos atuar na defesa da infância e da juventude que e o futuro de nossa sociedade conflituosa, no posicionamento favorável a prisões de qualquer  investigado com provas suficientes para sua restrição de liberdade. Como fomos contrario a soltura do senhor Antonio Emanuel, contrario ao posicionamento favorável do presidente do próprio conselho penitenciário do estado do Acre.

Nenhum comentário: