segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Governo implantará comitê de enfretamento e combate ao tráfico humano


O governador Tião Viana se reuniu nesta quinta-feira, 19, com o padre Massimo, coordenador da Campanha da Fraternidade lançada nesta quarta-feira, 18, pela Igreja Católica, e que tem por tema “Fraternidade: Igreja e Sociedade”.
O encontro foi para apresentar ao governo os relatórios levantados em 2014 a fim de buscar apoio para implantar um comitê para a efetivação da ação social. O governador garantiu a elaboração de um plano voltado para o enfrentamento ao tráfico de pessoas, assim como a implantação do comitê para a consolidação do trabalho social.
Segundo o padre Massimo Lombardi, os relatórios foram levantados em parceria com o governo do Estado, por intermédio da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh), Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp), Secretaria de Turismo e Lazer (Setul) e Secretaria Estadual de Educação (SEE).
As problemáticas constantes no relatório abrangem diversos aspectos – desde o trabalho escravo ao sequestro de pessoas para fins sexuais. A implantação do comitê irá consolidar os principais objetivos da Campanha da Fraternidade.
“Nosso objetivo é levantar uma problemática existente, e com o apoio do poder público estadual será possível promover ações voltadas ao cuidado, atenção e reinserções social das pessoas exploradas pelo tráfico humano”, reiterou o religioso.

O governador Tião Viana afirmou que combater o tráfico de pessoas é uma tarefa difícil, por se tratar de um crime muitas vezes silencioso. O “governo do Estado pode atuar até um determinado ponto em se tratando de uma área de fronteira, mas o trabalho integrado, a união de esforços podem gerar resultados positivos. Faremos o que estiver ao nosso alcance para colaborar com o trabalho e combater esse crime”, comenta Tião Viana.
Campanha da Fraternidade 2015
A Campanha da Fraternidade de 2015 se dá durante a quarentena que antecede a Páscoa. O objetivo é unir a instituição religiosa a organizações diversas, sociedade e governo, em prol da efetivação de ações sociais.

Ana Paula Pojo

Nenhum comentário: