sexta-feira, 5 de junho de 2015

Acre tem o maior número de jovens encarcerados no país, revela pesquisa


                                                                    Mapa_do_Encarceramento_-_Os_jovens_do_brasil.pdf


O Mapa do Encarceramento de Jovens foi divulgado nesta quarta-feira (3), pela Secretaria Nacional da Juventude. Os dados foram coletados entre 2005 e 2012 em todo o País e apontam o Brasil como o 4º lugar no ranking mundial de população prisional, de acordo com o documento.

O Acre ocupa o 1º lugar no ranking de população encarcerada jovem do Brasil. Entre 2007 e 2012, a população carcerária jovens aumentou cerca de 25%, e a de não jovens em 54%, no Estado.
O Acre também lidera as taxas de adolescentes internados provisoriamente, tendo 78 internações em 2011 e 77 em 2012; a queda foi de 3% de um ano para outro, porém o Estado seguiu na liderança do ranking nacional.

O mapa também apresentou dados como percentual de encarceramento entre negros e brancos e homens e mulheres, e a escolaridade dos presos, apontando para o Acre, o perfil do encarcerado de um jovem entre 18 a 29 anos, negro, envolvido com entorpecentes (38%) e com ensino fundamental incompleto (52%), condenado (70%) a regime fechado (74%).

Além dos entorpecentes, que ocupam 38% dos casos, o segundo maior crime cometido é o crime contra o patrimônio, com 31%. O mapa calcula a população carcerária do Acre em 3.335, até 2012; deste total, a predominância é de homens, ocupando 69% das celas.

De acordo com o mapa, o Estado com a maior diferença racial é São Paulo, que teve um aumento de 16% de negros presos entre os anos de 2007 e 2012. O Acre ocupa o 5º lugar até 2012, com um aumento de 22% de negros nas cadeias.

Nenhum comentário: