quinta-feira, 4 de agosto de 2016

TRIBUNAL DO CRIME NO ACRE: Mais um presidiário no semiaberto é executado em Rio Branco; é o quinto só nesta semana


Tiago de Souza Silva, 32 anos, foi morto com um tiro na testa nesta quinta-feira (4), no Pólo Bem fica, região do bairro Vila Acre. Ele estava em regime semiaberto. A suspeita é de o crime seja mais um na lista dos ‘marcados para morrer’ das facções criminosas que operam no Acre.
No local do crime, por operar a lei do silêncio, nenhum morador comentou sobre o assunto, apenas falaram que encontraram o corpo na rua sujo de sangue. A esposa alegou não saber o real motivo da execução, mas ressaltou que o marido tinha rixa com várias pessoas.
Após a coleta de informações, os militares saíram em busca de suspeitos pela área e regiões adjacentes. Até o momento ninguém chegou a ser preso.
O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) e o caso será investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios.
Desde o final do mês passado, vários homens têm sido executados, o que faz a polícia desconfiar ser ‘prestação de contas’ entre facções que operam no Estado. As supostas retaliações podem ser pelo assassinato do Ednardo Barbosa de Oliveira, de 42 anos, ocorrida na noite no dia 31 de julho.

Quarta-feira, dia 3
O moto-taxista pirangueiro Mauro Rachides Sampaio Barroso foi morto a tiros na tarde desta quarta-feira (3) quando chegava a sua residência para almoçar. Ele foi alvejado com quatro tiros no portão de casa, na Rua Edson Lima, no bairro Placas.
Os tiros, segundo testemunhas, foram disparados por um homem que estava com outro em uma motocicleta. Eles se aproximaram da vítima e um deles efetuou os disparos. Após o homicídio, os dois tomaram rumo ignorado. Segundo a guarnição de Polícia Militar que atendeu a ocorrência, Mauro Rachides tinha passagem pelo presídio.

Terça-feira, dia 2
Um jovem de 19 anos foi atingido com um tiro durante uma tentativa de homicídio na BR-364, em Rio Branco, na noite de terça-feira (2). Ele foi alvejado com um tiro no tórax enquanto trafegava em uma motocicleta rumo à Cidade do Povo. Ele foi fechado por um veículo no meio da rua e o passageiro efetuou os disparos. Após ele gritar por ajuda aos moradores da localidade acionaram o socorro. No hospital, ele foi submetido a uma cirurgia.
A vítima, identificada de Artur Nascimento Farias, não soube identificar as pessoas que teriam tentado contra a sua vida. Ninguém chegou a ser preso.

Segunda-feira, dia 1
Dois ex-presidiários foram executados na noite de segunda-feira (01) na Rua Boa União, região da Baixada da Sobral, em Rio Branco. A suspeita é de brigas entre facções criminosas e que as mortes tenham sido retaliação a execução de Edinaldo Barbosa de Oliveira, de 42 anos, ocorrida na noite do dia 31 de julho.
As execuções ocorridas foram de Samuel Lucas Moreira de Messias (28) e Elson Sena Melo (34). Os dois caminhavam juntos quando foram surpreendidos por cinco homens em uma caminhonete. O grupo chegou efetuando os disparos.

Domingo, dia 31
Edinaldo Barbosa de Oliveira, de 42 anos, foi executado com pelo menos seis tiros na noite deste domingo (31) na Rua das Mangueiras, região do bairro Boa União. Ele morreu antes da chegada do socorro.A vítima estaria em frente de uma residência quando dois homens em uma motocicleta de cor preta se aproximaram. O garupa desceu da moto e em posse de uma arma, efetuou os disparos.
Ao todo, pelos menos seis tiros acertaram a vítima sendo, um no rosto, dois na região da cabeça, um no braço, outro na nuca e mais um nas costas.



ac24horas

Nenhum comentário: